29 FEV 2020 PUBLICAÇÃO

Polícia prende suspeito de matar bailarina de Maringá

Após 32 dias de buscas, a Polícia Civil prendeu o principal suspeito de ter assassinado a bailarina de Maringá, Maria Glória Poltronieri Borges, a Magó, de 25 anos.

O homem, de 40 anos, foi preso nesta sexta-feira, 28, no centro de Apucarana (a 83 quilômetros de Maringá). Às 9h ele estava em Mandaguari (cerca de 35 quilômetros de Maringá), sendo ouvido por policiais. A expectativa é que ele seja encaminhado até a delegacia de Maringá ainda pela manhã. 

A jovem foi encontrada morta no dia 26 de janeiro deste ano quando acampava sozinha em uma pousada de Mandaguari, às margens da Cachoeira Massambani.

Para chegar ao principal suspeito, a Polícia Civil coletou o material genético de três rapazes e enviou para o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

Continue lendo no Portal GMC Online.

Compartilhe esta publicação
Nossas redes sociais

Desenvolvido por Cúria Online do Brasil