29 JUL 2020 PUBLICAÇÃO

55º Femup já recebeu inscrições de 24 Estados brasileiros, além de Portugal, Uruguai e Japão

Desde o dia 5 de junho, o Femup 2020 já recebeu inscrições de artistas de 249 cidades de 24 Estados brasileiros e de outros três países: Portugal, Uruguai e Japão. Até esta terça-feira (28), o festival contabiliza 775 inscrições, sendo 90 para a categoria Música, 280 Contos e 405 Poesias. O Femup está na sua 55ª edição e está marcado para acontecer nos dias 4 e 5 de dezembro, no Centro Cultural Rodrigo Ayres e Praça dos Pioneiros. 

 

“O Femup é bastante tradicional e reconhecido no circuito cultural nacional. No festival, serão premiadas as melhores obras das categorias música, conto, poesia, declamação e leitura dramática. Essa grande procura só reforça o prestígio que o festival tem Brasil afora e até em outros países. Estamos com uma expectativa de ter trabalhos de alto nível sendo apresentados em dezembro”, avalia o presidente da Fundação Cultural, Rafael Torrente.

 

Para participar, basta ler o regulamento disponível no site da Prefeitura e se inscrever nos links de cada categoria até o dia 3 de agosto. As inscrições são gratuitas. 

 

O processo de inscrição é bem simples. O interessado entra no site e escolhe o link de uma das categorias – conto, música ou poesia. Então é só preencher a ficha de inscrição on-line. “Ele deve responder todas as perguntas marcadas com asterisco. A maior vantagem para o participante é que não há riscos, já que a inscrição é confirmada logo na sequência. E na sessão para músicas, por exemplo, é possível solicitar previamente uma banda de apoio”, explica Torrente.

 

Repetindo os moldes dos últimos anos, não é preciso mais anexar as músicas no ato da inscrição – basta fornecer o link onde estão hospedadas. E pelo terceiro ano consecutivo, na categoria música também poderão ser inscritas obras somente instrumentais.

 

Embora não seja necessário anexar as músicas, as letras, contos e poemas precisam ser enviados em formato doc. ou docx. ou PDF. “Vale lembrar também que só aceitamos obras inéditas no festival, ou seja, que nunca foram inscritas no Femup. Não há limite de tamanho para poesias inscritas, mas os contos não podem ter mais de oito páginas”, frisa o presidente da Fundação Cultural. Depois de anexar as letras, contos ou poemas, é só concordar com os termos do festival e confirmar a inscrição.

 

As comissões julgadoras do Femup vão selecionar 24 músicas (12 da Fase Regional e 12 da Fase Nacional), 12 poesias (3 da Fase Regional e 9 da Fase Nacional) e 8 contos (3 da Fase Regional e 5 da Fase Nacional). Cada artista classificado para a Fase Nacional tem direito ao troféu Barriguda, R$ 1,5 mil e dez antologias, além de alimentação e hospedagem custeadas pela Fundação Cultural (mediante a participação presencial no evento). Na categoria Regional, o que muda é o valor do prêmio em dinheiro, que é de R$ 1 mil. Além disso, cada um dos 12 declamadores selecionados no 27º Festival Zé Maria de Declamação vai ser premiado com R$ 600 (mediante apresentação no Femup). 

 

A cada noite de apresentação, também será entregue um prêmio especial aos artistas que forem escolhidos por aclamação pública - o Prêmio Paulo César de Oliveira (certificado + R$ 500).

 

Os resultados dos trabalhos selecionados para o 55º Femup serão divulgados no site da Prefeitura no dia 15 de outubro.

 

Para mais informações, basta ligar para (44) 3902-1128 ou (44) 99124-1226, ou enviar um e-mail para cidadepoesia8@gmail.com
 

Compartilhe esta publicação
Nossas redes sociais

Desenvolvido por Cúria Online do Brasil